Pesquisar
Generic filters
Exact matches only

REKIN 1 Dr. Reckeweg

22.73

REKIN 1 Dr. Reckeweg – Dietmed

 

Apresentação: Caixa de 10 ampolas de 2 ml.

 

Valor normal do produto:  26.23€

 

Indicações Terapêuticas:

  • Inflamação localizada, aguda ou crónica
  • Angina tonsilar
  • Escarlatina
  • Otite média
  • Adenites
  • Parotidites
  • Mastites

 

Modo de Tomar:  Salvo outra indicação, em situações agudas, a dose é de 1 ampola diária para adultos e crianças maiores de 12 anos e de 4 ampolas por semana para crianças dos 6 aos 12 anos. Após melhoria da sintomatologia, reduzir a administração para 2 a 3 ampolas por semana em adultos e crianças maiores de 12 anos e para 1 a 2 ampolas por semana em crianças dos 6 aos 12 anos.

O conteúdo da ampola deverá ser diluído num pouco de água, que se vai bebendo durante o dia.

Dado que a solução não contém conservantes, as ampolas uma vez abertas devem ser utilizadas de imediato, a fim de garantir a sua esterilidade.

 

Categoria: Homeopáticos.

 

Categoria: . Etiquetas: , .

Descrição

REKIN 1 Dr. Reckeweg – Dietmed

 

 

Descrição do Produto:    

 

Indicações terapêuticas:
Baseiam-se nas utilizações tradicionais de cada um dos componentes homeopáticos. Entre elas incluem-se: inflamação localizada, aguda ou crónica; angina tonsilar, escarlatina, otite média, adenites, parotidites (papeira), mastites.

Indicações de cada componente do complexo homeopático:
Apis – inflamação com tumefacção (inchaço), por exemplo: edema da boca, da faringe e da laringe; dor com sensação de queimadura; hipersensibilidade ao contacto; súbito começo das dores; oligúria (urina pouco).

Barium chloratum – tendência para infecções ORL/vias aéreas superiores, de repetição, com hipertrofia amigdalina e sensibilidade ao frio; mau hálito; arteriosclerose (e aneurismas) especialmente da aorta abdominal; pancreatite.

Belladonna – inchaço das amígdalas, língua e palato vermelhos; sensação de secura na garganta com constante necessidade de engolir; tosse seca; pele com cor vermelha, suores; dores pulsáteis; estimulação da circulação sanguínea com congestão intensa e brusca do cérebro, do anel tonsilar e de outros órgãos; sensibilidade à luz e ao barulho; queimaduras de 1º grau.

Calcium iodatum – obstrução crónica dos tecidos linfáticos com adenopatias do pescoço (escrofulose); hipertrofia das amígdalas; vegetações adenóides; pólipos no nariz; transpiração.

Hepar sulfuris – tendência para processos supurativos; secreções purulentas com cheiro pútrido (a queijo); sensibilidade ao frio, ao toque e às correntes de ar (nariz entope com o frio); dores picantes (parece uma farpa espetada).

Kalium bichromicum – Inflamação das mucosas com secreções viscosas, filamentosas, amareladas ou esverdeadas e tendência a ulcerar; agravamento das dores com o frio, melhorando com o calor; dores erráticas; sensação de cabelo na parte posterior da língua.

Lachesis – coloração cianosada (azulada) da cavidade bucofaríngea, língua trémula e seca, custando engolir, especialmente líquidos quentes; agrava depois do sono; hipersensibilidade ao contacto; afligem as roupas apertadas na cintura (cintos) e pescoço (golas); sensação de pulsação local (coração a bater), onde tenha inflamação (por exemplo nas hemorróidas); amigdalite do lado esquerdo que pode ir para o lado direito; equimoses espontâneas.

Marum verum – rouquidão e comichão na garganta, pigarro com muco de mau sabor, pontadas nos ouvidos e alterações tróficas da mucosa rinofaríngea; tendência para pólipos nasais.

Mercurius sublimatus corrosivus – inflamação das mucosas da cavidade orofaríngea, recto, vias génito-urinárias; tenesmo vesical (dificuldade em urinar) ou rectal; pálpebras inflamadas; dores ardentes nos olhos e fotofobia; sialorreia (hipersalivação); língua inchada com saburra branca-amarelada; dores ardentes na faringe e esófago, deglutição muito dolorosa e mau hálito.

Phytolacca – tumefacção e rubefacção da faringe e amígdalas, deglutições dolorosas com irradiação para os ouvidos e sensação de secura na garganta; mastite; prostração e dores nos músculos. 

 

Composição:
2ml contêm: Apis D8 0,2ml, Barium chloratum D6 0,2ml, Belladonna D4 0,2ml, Calcium iodatum D6 0,2ml, Hepar sulfuris D12 0,2ml, Kalium bichromicum D8 0,2ml, Lachesis D12 0,2ml, Marum verum D6 0,2ml, Mercurius sublimatus corrosivus D8 0,2ml, Phytolacca D4 0,2ml. Outros componentes: água para injectáveis e cloreto de sódio para isotonizar. Preparado segundo as normas da Farmacopeia Homeopática Alemã.

 

Avisos:
Salvo outra indicação médica em contrário, não administrar em doentes da tiróide.

Administrar este medicamento durante a gravidez e aleitamento só após conselho de um profissional de saúde com conhecimento da terapia.

Pode surgir salivação exagerada e, em casos raros, podem ocorrer reacções cutâneas; deve-se então interromper a ingestão do preparado.

Pode surgir um agravamento efémero dos sintomas, o qual é, porém, inofensivo.

Não está prevista a utilização deste medicamento em lactentes e em crianças menores de 6 anos.

Share This

Realize as suas encomendas pelo telefone.

You have Successfully Subscribed!