Pesquisar
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type

INSONIA

O que é Insónia?

A insónia é um distúrbio persistente que prejudica a capacidade de uma pessoa adormecer ou, ainda, de permanecer a dormir durante toda a noite. Pessoas com insónia geralmente começam o dia já cansadas, têm problemas de humor, falta de energia e têm o desempenho no trabalho ou nos estudos prejudicado por causa deste distúrbio. A qualidade de vida da pessoa, em geral, costuma ficar comprometida pela insónia.

Causas

As causas mais comuns de insónia incluem:

Estresse –  Preocupações relacionadas ao trabalho, estudos, saúde ou família podem manter a mente ativa durante a noite, o que dificulta na hora de adormecer. Acontecimento de grande stress como morte de um ente querido, divórcio ou perda de emprego, também podem desencadear episódios de insónia.

Ansiedade – A ansiedade diária, bem como transtornos graves de ansiedade, como o transtorno de stress pós traumático, pode atrapalhar o sono.

Depressão – Uma pessoa com depressão pode dormir mais do que o normal e pode também não conseguir dormir, simplesmente. Insónia é comum em casos de depressão.

Condições médicas – Dor crónica, dificuldade para respirar ou necessidade frequente de urinar podem levar à insónia.

Mudança no ambiente ou horário de trabalho – Viajar ou alterar o horário de trabalho pode provocar uma mudança no ritmo cardíaco do corpo e no chamado “relógio biológico”, que dificulta o início do sono.

Maus hábitos de sono – Os maus hábitos de sono também podem causar insónia. Estes incluem irregularidade do sono, como dormir e acordar em horários diferentes todos os dias; atividades estimulantes antes de deitar-se; dormir em ambientes inapropriados e desconfortáveis, como num lugar muito iluminado, dormir em frente à televisão ou dormir com a luz acesa.

Medicações – Muitos medicamentos podem interferir na capacidade de uma pessoa adormecer, incluindo antidepressivos, remédios para controle da pressão arterial, antialérgicos, estimulantes e corticosteroides. Outros medicamentos que contenham cafeína e outras substâncias estimulantes também podem desencadear em insónia.

Cafeína, nicotina e álcool – O café, chá, refrigerantes à base de cola e outras bebidas que contenham cafeína são estimulantes. O seu consumo não é proibido e não está diretamente relacionado à insónia, mas pode, eventualmente, ser um fator desencadeador do distúrbio. A nicotina em cigarros ou outros produtos derivados do tabaco é outro estimulante que pode causar insónia. O álcool pode até ajudar a dormir, mas impede os estágios mais profundos do sono e muitas vezes pode fazer com que uma pessoa desperte no meio da noite.

Comer muito tarde – Comer um lanche leve antes de dormir é recomendado, mas comer demais pode fazer com que se sinta fisicamente desconfortável na hora de deitar, o que pode dificultar na hora de adormecer.

Idade – A insónia pode, ainda, se tornar mais comum com a idade. Ruídos e outras alterações no ambiente podem despertar uma pessoa idosa mais facilmente do que alguém mais jovem. Com a idade, o relógio biológico muda, fazendo com que a pessoa se sinta cansada mais cedo à noite e acorde mais cedo na manhã. Apesar disso, idosos geralmente precisam da mesma quantidade de sono que pessoas mais jovens.

A falta de atividades diárias pode interferir em uma boa noite de sono, pois quanto menos ativa uma pessoa for, mais tempo ela terá para tirar sonecas ao longo do dia, o que dificulta na hora de dormir à noite.

Dor crónica e condições como a artrite ou problemas nas costas, bem como depressão, ansiedade e estresse, podem interferir no sono. Os homens mais velhos desenvolvem frequentemente um aumento da próstata, o que pode levar à necessidade frequente de urinar, interrompendo o sono. Nas mulheres, sintomas da menopausa podem ser igualmente perturbadores e podem impedi-las de ter uma boa noite de sono.

 

Fatores de risco

Muitas pessoas podem apresentar um quadro de insónia ocasionalmente. Mas o risco de insónia é maior em:

Pessoas do sexo feminino. As mulheres são muito mais propensas a sofrer de insónia, principalmente por causa de mudanças hormonais durante o ciclo menstrual e na menopausa. A insónia também é comum com a gravidez.

Pessoas acima dos 60 anos de idade, devido principalmente às alterações nos padrões de sono e a problemas de saúde.

Pessoas com algum distúrbio de saúde mental, como depressão, ansiedade, transtorno bipolar e o transtorno de stress pós-traumático são mais propensas a apresentar insónia.

Pessoas sob stress. Fatos estressantes podem causar insónia temporária.

Trabalhar à noite ou viajar a trabalho, que envolva trocas frequentes de fuso horário.

 

Aconselhamento da Naturalmente: (Sem possuir efeitos secundários ou provocar habituação)

https://naturalmenteloja.pt/produto/sonus-complex-xarope-250ml/

https://naturalmenteloja.pt/produto/calmovita-xarope-250ml/

https://naturalmenteloja.pt/produto/ansioval-noite-30-comprimidos/

https://naturalmenteloja.pt/produto/stress-calm-sono-natiris-naturalmente/

 

 

 

 

 

 

No Comment

Comments are closed.

Share This

Realize as suas compras pelo telefone

You have Successfully Subscribed!